5- Sutiã para crianças: porque é permitido?

Nos últimos anos temos observado algo inusitado surgir na seção de roupas infantis para meninas: o sutiã. Alguns lisos e outros, pasmem, com bojo.

Vamos lembrar a função do sutiã: sustentar os seios. Outro dado importante nesse debate: crianças não tem seios! Há exceções em função da idade em que cada menina inicia a puberdade, mas, a grande maioria não desenvolve seios quando criança e mesmo que entrem cedo na puberdade, o que ocorre com o início da menstruação, o desenvolvimento de seios pode se dar anos depois.

Os sutiãs tem a função de sustentar os seios, principalmente em momentos de exercício: caminhar, correr, se movimentar, etc, pois, quando os seios se movimentam podem gerar incômodo ou mesmo dor. A necessidade ou não de usar sutiã varia de mulher para mulher e o sutiã pode ser confeccionado de várias formas, alguns são denominados “tops”, que cumprem a mesma função do sutiã, mas, em geral não moldam os seios em um formato redondo, apenas, seguram os seios. Em geral os tops são mais firmes.

Apesar de sutiãs terem uma função importante e que gera segurança no movimentar-se das mulheres, são incômodos e a a grande maioria dos modelos são apertados demais, machucam e bloqueiam a respiração. É uma contradição: são úteis porque sustentam os seios e para isso é necessário material elástico, mas, esse mesmo material elástico impede a respiração plena. Ainda não vimos um material e modelo no mercado que resolva esse dilema têxtil.

Bom, vimos que sutiãs tem uma função que atende majoritariamente adolescentes e mulheres adultas. Vimos também que apesar de serem úteis, também incomodam e prejudicam a respiração plena. Então vem a pergunta: porque lojas estão vendendo sutiãs para crianças? Crianças, primeiro, não tem seios, que é a única razão que pede o uso desta peça de vestuário. Depois, a última coisa com que crianças deveriam se preocupar é uma roupa que incomode seu pleno movimento e que impeça-as de respirar plenamente A única resposta possível é que as lojas estão empurrando para meninas uma aparência de adultas. Pois é apenas isso que resta para a existência dos sutiãs em crianças. Crianças não precisam se sutiãs, mas, se usarem sutiãs, estarão um pouco mais parecidas com adultas. E qual o intuito de fazer com que meninas pareçam com adultas? Senão o reforço da justificativa da pedofilia, o reforço da objetificação sexual de crianças, o reforço da ideia de que “meninas amadurecem mais cedo” e logo, estão prontas e disponíveis para o sexo?

O mais absurdo são os sutiãs com bojo para crianças. Bojos são utilizados por adultas por três motivos: sustentam com mais eficácia os seios grandes; aumentam o tamanho de seios pequenos; fornecem uma camada a mais de proteção em relação ao ambiente. Se o intuito da utilização de sutiãs em crianças for fornecer uma proteção extra dessa região em relação ao ambiente, pode-se vestir uma camisa ou regata em baixo da roupa. Sobre seios grandes, dificilmente uma criança os terá e se tiver, pode comprar um sutiã adequado na seção geral de roupas.

Crianças não precisam de elástico nenhum lhes apertando o tórax e é um absurdo que lojas vendam esse tipo de vestuário para crianças. Material desse tipo deveria ser apreendido e as lojas multadas. Não torturem crianças com elásticos que apertam. Não forçem crianças a se parecer com adultos, não obriguem crianças a performar feminilidade. Deixem as crianças em paz!

Daniela Alvares Beskow

06 de março de 2020

Uma coluna por sexta